quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Ai a minha vida .... TANANAN....

E este post podia perfeitamente começar como começa a música dos Xutos a que faço menção no título.
Ou então podia começar,
como começam todos os solos de darbuka (que para quem não sabe é um jambé dos egípcios),
que começam lentinhos e depois começam a acelerar....
a acelerar....
a acelerar...
e juntam uma variação de ritmo acelerada....
....aceleram.....
aceleram....
e....
chegam ao clímax da música,
onde tudo tem um som metalizado e marcado,
sendo ao mesmo tempo seco e sedutor,
como o toque gentil das moedas nos cintos das dançarinas de dança do ventre...

Não está nada fácil.
Eu não queria ter que confessar a meio mundo que,
o meu mundo de dentro está completamente abananado,
mas,
eis-me aqui,
Eva, a serva do Senhor,
a sofrer nas mãos a tentação.
Pimbas, escolheste pra teu pseudónimo Eva,
atão aguenta-te ao Adão!
E assim tem sido,
com alturas latentes,
com alturas mais quentes,
com conversas de "ses" que só me fazem desesperar,
(E me deixam sem jeito e a querer fugir por onde manda aqui o "Special")

com "fazia-te isto, fazia-te aquilo",
mas o que me custa mais é que sinto que por detrás deste desejo carnal,
há a hipótese de um futuro acompanhado,
de um possível correr bem se pra isso me dispusesse a largar tudo,
Mas será que essa seria a atitude mais correcta?

Evas de todo o mundo, falem-me por favor!
Digam-me se também vós já vos encontrastes em terras de tentação.
E se sim, conseguistes vencer a serpente?
É que neste momento a minha já se enrolou em torno do meu tronco,
E neste momento estrangula-me a garganta como que a aconselhar-me a calar-me,
E a fazer aquilo que eu quero, mas não posso.

4 comentários:

  1. Devo ser a última pessoa do mundo com capacidade para te responder a isso, mas na dúvida rego-me pela máxima "mais vale arrependeres-te do algo que tenhas feito do que não fazer nada"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Epá... eu normalmente também sou assim. E gosto sinceramente mais de me arrepender de coisas que faço do que aquelas que deixo por fazer... Mas depois, ponderando o que tenho penso que posso estar a deitar fora um grande potencial só por um ... capricho (?) ...

      Nao sei.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Tu queres é que eu depois descreva como foi! Caso pra dizer que visto eu ser tao detalhada e apaixonada pelo detalhe "nem sabes no que te metes" :P

      Eliminar